Arquivo | Arte RSS feed for this section

Pac-Man musical

10 jan

Embora o ukelele não seja bem o que eu definiria como um instrumento popular aqui no nosso país tropical e duvidemos às pampas que algum dos distintos saiba tocá-lo. A equipe do ObjetoN achou essa verso Pac-Man do violãozinho haviano tão catita que não pôde deixar de postar.

Cada um deles é feito à mão e sob encomenda. Custa US$ 600 a unidade e pode ser comprado aqui.

Anúncios

Um ano novo irredutível para vocês, distintos!

31 dez

Considerando que o réveillon é uma palavra em francês e que toda boa festa que se prese deveria terminar exatamente dessa maneira — com uma animada e íntima luta campal regada à muito javali assado e poção mágica –, o ObjetoN achou por bem reservar essa simpática pecinha para comemorar o último dia do ano.

A peça já tem um tempinho — ela foi criada em 2009 para comemorar os 50 anos de criação do Asterix — e conta com as bençãos dos herdeiros de René Goscinny e Albert Uderzo. A miniatura representa nada menos que 50 dos habitantes da última vila gaulesa livre do domínio romano numa daquelas brigas amistosas nas quais TODAS as festas deles acabam degringolando.

Foram feitos apenas 500 delas e — pasmem — parece que ainda tem disponíveis para compra. O lado ruim é que cada uma dessas custa 1.500 euros. Se o distinto tiver coragem para tanto, clique aqui.

A dica chegou aqui através do Blog de Brinquedo.

Natal dos Grandes Antigos

24 dez

O distinto curte o natal, mas fica de bode com todos esses Bons Velhinhos, renazinhas, homenzinhos de neve e mais todo esse monte de coisinhas açucaradinhas que teimam em penduram por toda parte nessa época do ano! Então, que tal colocar um dos Grandes Antigos no topo de sua árvore de natal.

Afinal, não tem nada mais natalino do que uma deidade cósmica de caráter demoníaco.

 

Claro que destruir a humanidade está no topo da lista de prioridades de Cthulhu, mesmo assim essa versão de feltro esculpido à mão dá um topo de árvore bem festivo em torno do qual reunir os adoradores na hora do culto. Sai por US$ 120 na Etsy.

 

Colorindo o Beholder

6 dez

Os nerds de antanho nunca deixam de me surpreender. Pois o distinto imagine que, em 1979, o pessoal da TSR achou que podiam fazer uma boa grana lançando um livro de colir oficial do Advanced Dungeons & Dragons. Aí ele juntaram os talentos do Gary Gygax e do ilustrador Greg Irons — nada menos que o responsável pelo visual de Yellow Submarine — para criar uma aventura solo que os garotos poderiam estragar personalizar a vontade.

O resultado é esse aqui

Os distintos podem baixar uma versão completa escaneada pela trupe do Monster Brains ou se arriscar a pagar os tubos por um original na Amazon.

Thunder, Thunder, ThunderCats Hooooooo…

5 dez

Quando Lion-O e o resto dos sobreviventes de Thundera veio dar com os costados pelas bandas do Terceiro Mundo — um planetinha primitivo que lembra pacas uma tal de Terra — eles construíram uma Toca dos Gatos para chamar de sua.

Agora qualquer um dos distintos que tenha uma centena de doletas sobrando — o que, convenhamos nem é tanto dinheiro assim — pode se candidatar a uma das 600 reproduções da Toca que a Icon Herores está colocando para pré-venda. 

Imagem

Quem tiver interesse pode encomendar aqui. As estátuas começam a ser despachadas no primeiro trimestre de 2012.

Adorável cramulhão!

31 out

O halloween — ou Dia do Saci se for essa sua preferência política — já passou, mas o Obejo N não poderia deixar de registrar essa coisinha fofucha aqui encontrada apenas tarde demais. Nunca o mal encarnado foi tão adorável e impôs tamanho respeito.

O cramulhãozinho aí saiu das hábeis agulhas da artista plástica Shove Mink que faz — o que ela define como — “artesanato misantrópico”. Ela mantém o blog Croshame e a loja do Etsy com o mesmo nome. O diabrete em questão custa R$ 45.

E ela faz mais um montão de coisas das mais legais como, por exemplo, essa reprodução de uma cena famosa de um certo clássica da 7a arte.

Enquanto isso, num halfpipe em Springfield…

14 ago

El Barto está feliz da vida andando numa das pranchinhas fabricadas pela  Santa Cruz Skateboards.

Se o distinto tem as habilidades necessárias para dominar uma dessas com maestria ou a indiferença obstinada pelo próprio bem-estar físico recorrentemente demonstrada pelo senhor Homer J. Simpson pode comprar uma dessas belezas aqui. O preço varia de acordo com o modelo, mas gira em torno de umas 150 doletas.

Pintados a mão

6 ago

Então, eu fui dar com os costados na SceeneShoes — uma das muitas lojinhas simpáticas do Etsy — por conta disso aqui:

Sim, o distinto está vendo direito, é mesmo um sutiã pintado com os cada vez mais onipresentes Angry Birds. Vá lá que o site da lojinha informa que o produto está esgotado, mas não duvido que eles aceitem encomendas.

Mas uma vez por lá eles têm uma seleção de outras tralhas bem bacanas, todas pintadas a mão.

Mickey Mouse x Predador

5 ago

Tá certo. Reconheço que o título do post não é uma descrição das mais precisas, mas convenhamos que é meio complicado descrever esta tralha aqui.

Pelo que eu entendi a ideia é que esse híbrido entre o adorável Mickey e o aterrorizante Predador vire a estampa de uma camiseta que será (ou, quem sabe, até já seja) vendida pela Threadless. A verdade verdadeira é que eu não consegui me entender direito com o sistema lá da tal lojinha… sei que os designers submetem seus desenhos e o público vota, os melhores viram camisetas de verdade e o criador fatura uma grana. Mas alguém sabe me informar se (e quando) esse design em particular vai virar produto de verdade? O departamento jurídico da Disney vai deixar algo assim passar? E quanto vai me custar para colocar uma dessa no meu guarda-roupa.

Na falta de uma informação mais segura sobre o status das camisetas, vale uma conferida no flicker do desenhista responsável pela graça, o designer gráfico norte-americano Dann Matthews,  que tem mais uma porção de coisas bacanas. Inclusive uma outra série de Mickeys alternativos.

Sincronizar swatches

2 ago

A blogosfera metidinha a hipster anda toda saltitante por causa do anúncio da parceria entre a — mezzo galeria de arte antenada, mezzo fabricante de brinquedos — Kidrobot e a suíça dos relógios descolados Swatch.

A ideia é  lançar uma coleção de relógios de pulso assinados por alguns dos artistas mais proeminentes do cenário toyart devidamente acompanhados de simpáticos bonequinhos dunny — os coelhinhos colecionáveis que se tornaram a marca registrada da Kidrobot. Ao todo, a coleção contará com o trabalho de 8 artistas: Gary Baseman, Jeremyville, Frank Kozik, Joe Ledbetter, MAD, Tara McPherson, SSUR e Tilt.

O lançamento mundial acontece em 01 de setembro. Dá para comprar os conjuntos por US$ 70 cada um. Mas se o distinto estiver afim de chutar o balde para fora do estádio dá para comprar uma mala especial com a coleção inteira e mais um dunny todo trabalhado nos esteróides por uns US$ 1.000.

 

 

P.s.: Se o distinto ainda estiver coçando a cabeça sentindo que o título desse post causa uma coceirinha num neurônio particularmente difícil de alcançar. O título do post é uma referência a Parker Lewis Can’t Lose.